Começamos a Horta do Garoa

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

No sábado dia 06 de Abril de 2013 demos início a horta do Garoa.

Preparamos os dois primeiros vasos, um com mudas de alface e outro com mudas de tomate. Tínhamos pedras para preparar apenas quatro vasos, mas somente muda para os dois primeiros.

O Diógenes trouxe as mudas que havia preparado em casa, e também trouxe algumas mangueirinhas e conectores próprios para micro-irrigação. Usamos terra que o Diógenes e o Rafael trouxeram, e um pouco de pedras de argila

Mudas para a horta do Garoa preparadas pelo Diógenes

Como preparar as mudas a partir das sementes:

  • Colocar terra em meio copinho de café, com um furo no fundo
  • Colocar a semente (se for semente comprada pronta, em saquinho, coloque uma por copinho; se for semente extraída da fruta/planta, coloque algumas)
  • Dependendo da planta, deve ser colocado um pouco de terra por cima (vale para alface. Tomate e morango devem ficar sobre a terra)
  • Mergulhar os copinhos em uma tigela com água, para umedecer a terra
  • Retirar os copinhos da água esperar escorrer o excesso de água e tampar com um filme plástico.
  • Deixar descansar por uma ou duas semanas, até a semente começar a germinar. Neste momento, retirar o filme plástico.
  • A muda estará pronta assim que atingir um tamanho mínimo. No caso do alface, o ideal é aguardar até nascer 5 folhinhas.

Inicialmente preparamos quatro vasos usando vasos tradicionais: basta colocar uma camada de pedra no fundo e completar com terra. Tínhamos pedra para apenas 4 vasos.

Diogenes preparando os vasos

O Rafael também nos ensinou a fazer um vaso com garrafa PET que armazena a água: basta cortar a garrafa PET abaixo da metade. Colocamos a parte inferior, invertida, por dentro da parte inferior da garrafa, de forma que o bico encontre no fundo. Colocamos um pouco de pedra cobrindo o bico e completamos com terra. Faça dois pequenos furos na garrafa na altura das pedras, para que o excesso de água possa escoar e não entrar em contato com a terra do vaso. Desta forma, a parte interna do vaso (formada pela metade superior da garrafa) fica com a terra e criamos uma espécie de câmara interna aonde será acumulada água para garantir a irrigação do vaso.

Vasos com garrafas PET

O Diógenes trouxe canos e conectores próprios para micro-irrigação,que ele comprou em loja especializada. Conectamos o cano na torneira e colocamos os terminais nos dois vasos. Para limitar o gotejamento, o Diógenes colocou pedaços de bucha dentro do cano, pois a pressão da água na torneira do jardim é muito grande.

Deixamos vários copinhos com mudas de alface nas batentes das janelas, que serão nossos "berçários". No próximo encontro verificaremos o crescimento delas e, se estiverem prontas, plantaremos nos demais vasos. Ao final, plantamos algumas sementes de cenoura em uns copinhos, para germinarem.

Preparamos algumas placas de identificação para os vasos usando palitos que sobraram do churrasco e papelão de caixas de garrafa de Heineken (reciclagem!!!).

Plaquinhas de identificação da horta

Ao final, deixamos os quatro vasos no quintal, com o gotejador funcionando.

Horta do Garoa

--Anchisesbr (discussão) 21h38min de 6 de abril de 2013 (BRT)