Chamada Fundadores

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa
   Este documento possui informações desatualizadas, e está aqui apenas por razões históricas.

Chamada de Fundadores - hackerspace-sp

Hackerspace é um espaço físico em que se pretende oferecer infraestrutura para a implementação de projetos. Em outras palavras, é um laboratório comunitário que propicia a troca de conhecimento e experiências, um local onde pessoas podem se encontrar, sociabilizar e colaborar.

Um hackerspace (também conhecido como Hacklab) é um laboratório comunitário que segue a Ética Hacker, tendo espírito agregador, convergente e inspirador. No hackerspace, hackers compartilham o espaço físico, ferramentas, materiais de construção, projetos e ideias. O hackerspace tem como objetivos a socialização, educação, pesquisa e a prática da ciência, tecnologia, arte digital e eletrônica de forma colaborativa. Neste espaço pessoas de diversas áreas podem participar, exercitar, aprender e/ou ensinar a prática do hack, no sentido nobre e original da palavra, não só aplicado ao hardware, software, firmware e na integração de elementos digitais, como também em projetos de marcenaria, estruturas, objetos de arte, equipamentos e montagens, transcendendo os limites da criação tradicional ou simplesmente a compreendendo melhor. Maiores informações sobre o conceito podem ser encontradas na Wikipedia [0].

A decisão por fundar um hackerspace em São Paulo veio não somente pelo interesse direto na proposta, mas também por acreditarmos que este tipo de laboratório tenha grande potencial de catalização e de transformação da sociedade, que dessa forma muitas oportunidades de evolução tecnológica e de interação social serão oferecidas neste espaço tanto para os membros quanto para a comunidade. Ademais, um hackerspace faz-se importante pelo simples significado de sua existência em nossa região, sendo um marco para um coletivo de entusiastas da ciência e da tecnologia aplicadas à criatividade, à criação, à música, à eletrônica, à computação, à arte, dentre outras possibilidades não citadas aqui, digitais ou não.

Feita esta pequena introdução, orgulhosamente anunciamos o primeiro hackerspace do Brasil: hackerspace-sp (nome provisório). Ainda estamos em fase de planejamento e construção do espaço, mas decidimos fazer esse convite a todos que compartilham de nossas ideias.

Como vai funcionar?

Há vários modelos de hackerspace - inclusive biohackerspaces e sci-hackerspaces - pelo mundo, porém o modelo predominante é o de um laboratório comunitário para que aficcionados realizem a prática de desenvolvimento e hacking - compartilhando equipamentos que normalmente não são simples de se ter em casa por detalhes de espaço ou mesmo de custo e seu uso eventual. O hackerspace é como uma associação, um clube em que seus membros socializam-se e colaboraram compartilhando conhecimento e experiência de hacking (no sentido puritano da expressão) utilizando plataformas FOSS (Free and Open Source Software) e OSH (Open Source Hardware), seguindo a linha dos "Homebrew Computer Club".

Em nosso primeiro encontro presencial ficou claro que o grupo prefere seguir este modelo predominante, buscando não misturar o conceito do "Co-Work Space", mantendo uma linha majoritariamente educacional, intelectual e recreativa.

Para que tudo isso se concretize, são necessários recursos. Sendo assim, optamos pelo autofinanciamento: um dos princípios do hackerspace que pretendemos criar é que ele seja majoritariamente financiado por seus próprios membros, em forma de mensalidades, evitando que o espaço tenha que depender de fontes de renda externas. Sendo assim, todo o dinheiro arrecadado em forma de contribuições iniciais e mensalidades será integralmente aplicado nos fins do hackerspace, o que significa pagar aluguel do espaço, conta de luz e internet, comprar ferramentas e componentes eletrônicos, muito café, entre outros.

No entanto, isso não excluirá quem não tem condições financeiras de contribuir: tanto o espaço físico quanto as atividades, como cursos e workshops, serão abertos a todos - eventualmente a custos simbólicos, como em oficinas que necessitem de material, por exemplo. Membros terão, claro, alguns privilégios, como possuir a chave do local, podendo acessá-lo a qualquer momento, e participação gratuita em todas as atividades. O espaço estará sempre aberto a participação externa com a associação de novos membros.

Usuários e membros

Como um hackerspace, o local poderá ser frequentado por qualquer pessoa desde a sua fundação. Mas, obviamente, um local desse tem custos tanto de manutenção quanto de melhorias e quem subsidiará isso serão os próprios frequentadores que estiverem dispostos a isso. Momentaneamente os chamamos de sócios-contribuintes. Vale ressaltar que esta categoria só existirá quando o local estiver estabelecido. Nossa previsão é Janeiro de 2011.

Até lá, todos os que adentrarem o projeto serão conhecidos como sócios-fundadores pois estamos no início da construção do espaço. Para tanto, os sócios-fundadores deverão contribuir com 600 reais para o patrimônio do hackerspace até Janeiro de 2011. Esses 600 reais podem ser parcelados, desde que o parcelamento não exceda janeiro. Após esse período, as mensalidades serão estabelecidas de acordo com os custos do espaço, sempre respeitando as vontades e possibilidades dos associados.

Como fazer parte

Todos podem começar a fazer parte da construção do hackerspace desde já. Basta entrar em nosso e-groups provisório [1] e apresentar-se. Temos também um wiki provisório onde escrevemos colaborativamente documentos como este [2]. No momento, estamos trabalhando na criação de uma associação sem fins lucrativos para dar suporte administrativo a nossas atividades e abarcar o patrimônio. Além disso, estamos estimando custos e procurando um espaço físico próprio que viabilize de fato nossas atividades.

Links

[0] http://pt.wikipedia.org/wiki/Hackerspace

[1] http://groups.google.com/group/canto-provisorio-do-hackerspace-sp

[2] http://aylons.com.br/wiki-provisorio