Crise

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

Garoa em Crise

Ficamos sabendo pelo badaladíssimo site Fofocas de TI que o Garoa enfrenta uma crise brava, com problemas entre seus sócios e sócias.

Segundo a fonte do site (pessoas-sem-nome-ou-referencia que se desligaram do Garoa) havia muita briga entre membros do clube, especialmente pela presidência. Quase um Game of Thrones hacker.

O V Hacker Clube se manifestou totalmente de acordo com o referido blog e endossa o texto do referido autor como sendo totalmente verdadeiro.

Essa página serve para pedirmos ajuda a nossxs amigxs.

Deixe aqui sua ideia para superarmos essa crise hacker.

Brigas no Garoa

Uma crise muito óbvia é um tema delicado, o das brigas. Terrível, inaceitável essa escassez.

Sugiro uma solução simples, buscar gente problemática. Deve ser possível achar alguns membros que reclamem de tudo o tempo todo, por motivos que só eles entendem. Haviam boas possibilidades em alguns dos antigos vizinhos na Casa da Cultura Digital, aqueles que moravam na rua ali ao lado e estavam sempre fumando crack. Eles brigavam o tempo todo, era emocionante.

Como está, o problema é mesmo muito grave e não será possível continuar desta forma. Não se compreende como é que não se reclama mais desse problema. As conexões neuronais presentes não possuem registros de brigas no Garoa. Um Hacker space sem brigas? Um tédio.

Apareceram algumas almas para ajudar. Verdadeiros gênios da chatice, capazes de ajudar qualquer um com essa situação desesperadora. Infelizmente não ficaram muito tempo, partiram de própria vontade, não aguentaram, ninguém lhes deu a atenção que certamente mereciam. Nem puderam deixar muita gente brigando por situações que criaram. Apesar de enorme esforço desses gênios, continua o Garoa com o grave problema da escassez de desacordos e discórdia. Apenas restam alguns capítulos passados coloridos.

Crimes no Garoa

O problema dos crimes já é muito mais do que sério. O local é repleto de rebeldes, professores e estudantes com idéias estranhas, advogados, gente politizada, rebeldes sem causa, loucos de pedra, policiais, políticos, gente medicada, gente consumindo e fabricando bebidas alcoólicas... Todos entortando e questionando as leis jurídicas, da física, das tradições, da cultura, das religiões e até da morte. Era de se esperar que houvessem muitos problemas éticos e crimes. Muitos nos procuram apenas por confiar que encontrarão aqui os crimes que buscam cometer. Também aqui poderíamos buscar ajuda de novos membros. Acho que podemos encontrar alguns dispostos a vender crack. Ou convidar alguns políticos e empresários para mostrar como se faz. Com esse nível de crime que hoje temos, não dá.

Disputas por poder

Uma crise de poder. Parece que ninguém tem poder no Garoa Hacker Clube. Uma ilusão. Por trás das cortinas, ocultam línguas tão afiadas como navalhas, jorrando informações nefastas acerca das pragas que que navegam nos esgotos do Garoa. Os jogos de ratos e gatos são invisíveis, mas certamente ocorrem. Ha pouco tempo se avistaram reais evidências desses pragas. Os gatos são bem vindos. Já os ratos, bem, foram amplamente discutidos os direitos animais dos roedores providenciados pela legislação, mas após voto unânime dos sócios, algumas providências adequadas foram tomadas. Veneno não foi aprovado. Crack foi fornecido aos ratos. Foram aprovados maiores esforços com limpeza.

Tragam seus joguinhos de poder

O castelo pode demorar para ruir, é bom ter algo pra fazer enquanto esperamos. Também se recomenda trazer muitas pedras de crack.

Reuniões abertas a qualquer um, controle mental dos participantes

O organização do Garoa Hacker Clube é enormemente influenciada pelo nefasto Conselho Manda Chuva, vulgo CMC. É fato conhecido que este obscuro comitê controla a tudo e a todos. Alegam serem abertos a todos, e efetivamente a porta é aberta. Mas todos aqueles que ousam se aproximar ao seu campo de controle das mentes fracas, usando de técnicas de controle mental desenvolvidas nos EUA durante a guerra fria, os estímulos mentais subliminares, em geral iniciam uma forma falar estranha, sintomas observados em ambientes de libertinagem descontrolada. Oferecem sugestões, discutem tudo abertamente com os sócios, riem descontroladamente. Falam até todos ao mesmo tempo. Em resumo, as reuniões internas aparentam ser livres e abertas, mas secretamente todos têm a mente controlada por um cabal interno desconhecido. Para escapar do controle recomenda-se usar um chapéu metalizado para impedir as ondas de controle da mente. Fumar crack também reduz a absorção do plasma sanguíneo da frequência utilizada, aumentando a capacidade de resistência.

Como afinal se deve governar um hackerspace

É aconselhável a todos os aspirantes a estudar como se gerencia, governa e controla um hackerspace. Há ampla documentação, vídeos, material histórico, e comentários responsáveis a respeito.



Essa página é uma piada

Não é não. É tudo verdade. Só quem fuma crack e conhece a paranóia enxerga a realidade.