Noite de InfoSec

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

Bom, primeiramente, não iremos ensinar a hackear o Facebook ou o MITO ORKUT, iremos falar sobre os fundamentos da área de segurança igital, que por muitas vezes é esquecida e quem quer iniciar na área, vai mais para o"pentest" (que na verdade a pessoa só utiliza o Havijão e o SQLMap e... só). Não sei se é pelo pentest estar mais em evidencia, sei lá! Eu por exemplo, gosto muita da área de pesquisa e engenharia reversa (não que eu saiba algo, mas eu gosto :D).

Se houver uma reciprocidade com o tema abordado no Garoa, a gente vai colocar uma maquina vulnerável pra rodar a pra gente dar uma brincada e APRENDER com ela.

Já há uma certa galera que vai aparecer por lá e que vai contribuir com a comunidade, esperamos que apareçam os l3tt0s da vida, abraço!

"'Segurança da informação se baseia na proteção de informações, independente de onde a mesma esteja embutida. Podendo ser: física ou digital[...]

Controles lógicos: são barreiras que impedem ou limitam o acesso a informação, que está em ambiente controlado, geralmente eletrônico, e que, de outro modo, ficaria exposta a alteração não autorizada por elemento mal intencionado.

Existem mecanismos de segurança que apóiam os controles lógicos:

Mecanismos de cifração ou encriptação: Permitem a transformação reversível da informação de forma a torná-la ininteligível a terceiros. Utiliza-se para tal, algoritmos determinados e uma chave secreta para, a partir de um conjunto de dados não criptografados, produzir uma sequência de dados criptografados. A operação inversa é a decifração.

Assinatura digital: Um conjunto de dados criptografados, associados a um documento do qual são função, garantindo a integridade e autenticidade do documento associado, mas não a sua confidencialidade.

Mecanismos de garantia da integridade da informação: Usando funções de "Hashing" ou de checagem, é garantida a integridade através de comparação do resultado do teste local com o divulgado pelo autor.

Mecanismos de controle de acesso: Palavras-chave, sistemas biométricos, firewalls, cartões inteligentes.

Mecanismos de certificação: Atesta a validade de um documento.

Integridade: Medida em que um serviço/informação é genuíno, isto é, está protegido contra a personificação por intrusos.

Honeypot: É uma ferramenta que tem a função de propositalmente simular falhas de segurança de um sistema e colher informações sobre o invasor enganando-o, fazendo-o pensar que esteja de fato explorando uma vulnerabilidade daquele sistema. É uma espécie de armadilha para invasores. O HoneyPot não oferece nenhum tipo de proteção.

Protocolos seguros: Uso de protocolos que garantem um grau de segurança e usam alguns dos mecanismos citados aqui.

Existe hoje em dia um elevado número de ferramentas e sistemas que pretendem fornecer segurança. Alguns exemplos são os detectores de intrusões, os antivírus, firewalls, firewalls locais, filtros anti-spam, fuzzers, analisadores de código etc.'"

O evento está ocorrendo de 15 em 15 dias.

Próximo Encontro

24/novembro/2015, às 19:30, na Sede do Garoa

Reuniões Passadas

10/novembro/2015, às 19:30, na Sede do Garoa

27/outubro/2015, às 19:30, na Sede do Garoa

Cerca de 22 pessoas estiveram no Garoa para ver a apresentação do Galdino e do Rodolfo sobre InfoSec, mais especificamente sobre pentests. Foi feito um panorama geral da área e rolou uma boa conversa entre profissionais e curiosos. Ficou acertado que haverá uma nova reunião na semana seguinte, com alguma atividade mais mão na massa.