Assembleia Geral Ordinária 2012

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DO

GAROA HACKER CLUBE

No dia 28 de março de 2012, às 20h30, em segunda chamada, atendendo ao Edital de Convocação de 22/03/2012, nesta capital, à Rua Vitorino Carmilo, nº459, reuniram-se os associados do GAROA HACKER CLUBE, nos termos do Estatuto Social em vigor, para deliberarem quanto a:

0. Prestação de contas do exercício social do ano de 2011; e

1. Previsão orçamentária do exercício social do ano de 2012.

Para presidir os trabalhos, foi indicado por aclamação pelo plenário o Sr. Alberto Fabiano Caires de Medeiros e, de acordo com o disposto no Estatuto Social, coube a mim, Rodrigo Rodrigues da Silva, secretário do Garoa HC, o posto de secretário da Assembleia Geral, ficando assim composta a mesa.

Tendo verificado a presença de pelo menos 07 Associados Efetivos, conforme Artigo 18 do Estatuto Social, o presidente da mesa deu por satisfatório o quorum e iniciados os trabalhos, passando a palavra aos Associados presentes.

O Sr. Felipe Corrêa da Silva Sanches, presidente da Diretoria Executiva do Garoa HC, toma a palavra e informa que, por razões pessoais e profissionais, decide renunciar ao cargo.

Fica incumbido o Conselho Manda-chuva, de acordo com o Artigo 45 do Estatuto Social, de indicar Associado Efetivo elegível para ocupar, interinamente, o cargo de presidente da Diretoria Executiva, até o término do mandato corrente, em 19 de fevereiro de 2013. Compete ao Sr. Hugo Borges, tesoureiro do Garoa HC, de acordo com o Artigo 38 do Estatuto Social, substituir o presidente até que o Conselho Manda-chuva efetive sua indicação.

Nada mais a ser declarado pelos presentes, prossegue-se à discussão dos itens da pauta.

Prestação de contas do exercício social do ano de 2011

O tesoureiro Hugo Lima Borges informa que o saldo apurado no período é de R$ 6.674,26 e apresenta a prestação de contas detalhada, que segue anexa a esta ata.

Todos os presentes parabenizam o tesoureiro pelo trabalho na prestação de contas.

Rodrigo Rodrigues da Silva reforça que o Conselho Fiscal deve reunir-se duas vezes ao ano, conforme definido no Estatuto.

Alberto Fabiano Caires de Menezes observa que devemos fazer auditorias mais detalhadas das contas dos eventos.

Eduardo Oda sugere o uso do software de contabilidade GNUCash, lembrando que o pessoal responsável pelo financeiro está sobrecarregado.

Cláudio Miklos reitera a importância de mantermos papeis como recibos de mensalidades, pagamentos de aluguel, etc.

Alberto Fabiano Caires de Menezes reitera que a movimentação fiscal só começa oficialmente a partir do momento em que tínhamos uma conta corrente do Garoa HC (Janeiro de 2012).

Rodrigo Rodrigues da Silva sugere pouparmos energias para a prestação de contas 2012. A prestação relativa ao ano de 2011 não está perfeita, mas suficiente.

Anchises Moraes Guimarães de Paula considera que a prestação de contas está confusa e incompleta. Devia constar o saldo ao final de cada mês; mensalidades pendentes; gastos e receitas fixas; totalizar anualmente.

Alberto Fabiano Caires de Menezes sugere uma prestação de contas analítica.

Wagner Sartori Junior observa que o tesoureiro é o responsável por encaminhar os trabalhos de contabilidade, mesmo que seja necessário ter gastos com isso, e pedindo ajuda aos demais diretores quando adequado.

Alberto Fabiano Caires de Menezes chama a atenção para a alta inadimplência quanto ao pagamento das mensalidades.

Cláudio Miklos sugere cobrarmos as mensalidades via boleto.

Eduardo Oda sugere levantar nossos custos, onde estamos investindo, onde estamos gastando.

Luciano Gama de Souza Ramalho observa que devemos separar gastos excepcionais de gastos recorrentes.

Concluída a discussão do tema, foram formuladas e apresentadas as seguintes propostas:

  • Aprovar a prestação de contas de 2011 - aprovada por 7 votos a favor, nenhum contra. Os demais presentes abstiveram-se.
  • Convocar uma reunião do Conselho Fiscal para o dia 07/04/2012, às 15h - aprovada por unanimidade.

Previsão orçamentária do exercício social do ano de 2012

Alberto Fabiano Caires de Menezes observa que o valor que estamos pagando a título de aluguel na Casa da Cultura Digital não está mais compatível com a nossa situação financeira, pois temos mais receita que algumas empresas que estão no local.

Cláudio Miklos afirma que, devido às últimas mensagens que tivemos na lista de discussão sobre o quanto o Garoa paga de aluguel, existe uma nebulosidade na situação do Garoa na questão de espaço.

Rodrigo Rodrigues da Silva explicou o que foi decidido quando o Garoa começou a pagar o aluguel do espaço da sede: "Começamos pagando um valor menor do que o valor da metragem padrão pelo porão pois a Casa da Cultura Digital entendeu que estávamos começando e havia um interesse em apoiar a criação do Garoa HC." Este mesmo sugere aumentarmos nossa contribuição, e passar para R$800 por mês pelos dois porões. Cláudio Miklos sugeriu que seja proposto um novo aluguel de R$600.

Concluída a discussão do tema, foram formuladas e apresentadas as seguintes propostas:

  • Manter um fundo de contingência que possa suportar todos os custos recorrentes do Garoa HC por 6 meses, considerando como despesas Aluguel (R$800) e acesso à Internet (R$120), no valor de R$5520,00. Tal fundo deverá ficar congelado em uma conta poupança.
  • Manter em conta corrente um caixa de giro mínimo de R$3000. O saldo restante, caso exista, deverá ficar em um fundo de renda fixa com resgate automático/instantâneo.
  • A previsão orçamentária deve levar em conta o crescimento do quadro social em 1 novo sócio por mês, totalizando uma estimativa de 38 sócios ao final de 2012.
  • Indicativo de poupar 50% do resultado do exercício para despesas futuras ou de longo prazo.

Foi apresentada uma previsão orçamentária detalhada, que segue anexa a esta ata.

Todas as propostas e a previsão orçamentária foram aprovadas por unanimidade.

Encerramento

O presidente da mesa declara que as deliberações tomadas na Assembléia Geral entram em vigor imediatamente.

Em seguida, passa a palavra para quem quisesse se manifestar e, na ausência de manifesto, e como nada mais havia para ser tratado, agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente Assembleia Geral, exatamente às 23h55, horário de Brasília, 34745548 segundos após a fundação do pluvioso Clube.

Por fim, coube a mim, que servi como secretário, lavrar a presente ata e levá-la a registro junto aos órgãos públicos competentes para surtir os efeitos jurídicos necessários.

A presente ata segue assinada por mim, pelo tesoureiro, pelo presidente da diretoria executiva e pelo presidente da mesa, que ainda determinou, com a anuência de todos, que os demais associados assinassem a lista de presença anexa, como sinal de aprovação.


São Paulo, 28 de março de 2012.


__________________________________

Rodrigo Rodrigues da Silva

Secretário


__________________________________

Hugo Lima Borges

Tesoureiro (presidente em exercício)


__________________________________

Felipe Corrêa da Silva Sanches

Presidente


__________________________________

Alberto Fabiano Caires de Medeiros

Presidente da Assembleia Geral


Anexos