Coding Dojo com Grupy-SP

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

Nesta nova parceria entre o Garoa Hacker Clube e o Grupy-SP, estaremos promovendo o Coding Dojo do Grupy-SP no Garoa Hacker Clube.

Meetup
http://www.meetup.com/Grupy-SP/events/234380559/
Quando
Dia 08 de outubro - sábado - 09h
Local
Garoa Hacker Clube, Rua Costa Carvalho 567, FUNDOS (Como chegar)

Coding Dojo

Segundo o CodingDojo.org
“Um Coding Dojo é um encontro onde um grupo de programadores se reúne para trabalhar em conjunto em um desafio de programação. Eles estão lá para se divertir, e, através de uma metodologia pragmática, melhorar suas habilidades de programação e de trabalho em grupo.”

Inspirado nas práticas dos dojos de artes marciais japonesas, um Coding Dojo inicia-se tipicamente com o seguinte arranjo:

  • ao menos um computador conectado a um projetor
  • uma tela de projeção que todos possam ver
  • um piloto, um copiloto e um mestre
  • demais participantes em platéia

O mestre oferece um desafio ao grupo. O piloto, sentado ao computador, é a única pessoa que pode utilizá-lo para concluir o desafio. O copiloto permanece ao seu lado, mas somente para observar o piloto em ação e oferecer indicações.

Qualquer um pode ainda fazer perguntas ao mestre, mas este só pode responder com outra pergunta.

Possui as seguintes regras básicas:

  • Desenvolvimento guiado por testes: Antes de fazer qualquer implementação, deve ser escrito um teste, que ao passar indica que a implementação está correta.
  • “Passos de bebê”: Se um teste não está passando, você deve escrever o código mais simples possível que faça o teste passar. Quando for escrever um novo teste para o mesmo método, escreva um teste que teste só um pouquinho a mais da funcionalidade desejada.
  • Pair programming: A programação é feita em duplas. Cada dupla tem um piloto e um co-piloto. Ambos pensam em como passar no teste atual, mas só o piloto digita. Cada par tem 5 minutos no seu turno. Quando esse tempo acaba:
    • O piloto volta para a platéia
    • O co-piloto assume o lugar do piloto
    • Um novo co-piloto vem da platéia
  • Todos devem entender: O piloto e o co-piloto devem sempre explicar em voz alta o que estão tentando fazer para solucionar o problema. Qualquer um na platéia pode pedir explicações se não entender algum raciocínio.
  • Três fases: Um Coding Dojo sempre está em alguma dessas 3 fases, dependendo do estado dos testes:
    • Vermelha: Pelo menos um teste não está passando. A dupla da vez deve se concentrar em fazer o teste passar. A platéia não deve falar nessa fase, para não atrapalhar piloto e co-piloto.
    • Verde: Os testes acabaram de ser rodados e todos estão passando. Essa é a hora de quem está na platéia dar sugestões para melhorar o código.
    • Cinza: O código foi modificado de acordo com as sugestões, mas a bateria de testes ainda não foi rodada. Deve-se evitar fazer grandes modificações no código nessa fase.

Responsáveis