Dungeons & Velociraptors

De Garoa Hacker Clube
Ir para: navegação, pesquisa

D&v-logo.png

Dungeons & Velociraptors é o evento em que nos reunimos no Garoa especificamente para jogarmos quaisquer jogos

Próximo Encontro

11 de outubro de 2016. às 19h30 - Edição Nostalgia

Vamos comemorar o dia das crianças relembrando os jogos que marcaram nossas infâncias! Traga seu jogo favorito ou venha para brincar com a gente e abrir o feriadão em grande estilo!

Programação

Salvas exceções a programação é decidida no momento, conforme escolha dos participantes do evento.

O próximo encontro será em: 13/maio/2016 - ANATELnight

cartaz by Yumi

Antes de sair de casa, confira sempre se o encontro da semana está confirmado em nossa página principal e na lista de emails.

O que é?

Encontro semanal organizado pelo Leonardo Telles, Gabriel Mascarenhas e Anchises para promover partidas de RPG, jogos de tabuleiro, PC, cartas e o que mais estiver contido neste universo lúdico como oficinas para ensino de determinados jogos, estratégias e conversas sobre o assunto e desenvolvimento de jogos de tabuleiro.

Os encontros acontecem todas as quartas-feiras, salvas exceções, à partir das 19h30.


O Dungeons & Velociraptors é aberto a todos, e quanto mais pessoas melhor! As atividades acontecerão na Sala Social ou na Sala Multiuso, conforme quantidade de participantes e jogos ocorrendo paralelamente.

Qualquer sugestão de jogo ou sistema é bem-vindo, apareça e troque uma idéia conosco.


Não é necessário fazer inscrição prévia para os encontros, basta aparecer. A participação é gratuita e aberta a todos os interessados, associados ou não do Garoa.

Participação a distância

Não vai dar pra ir ao Garoa? Quer participar mesmo assim? Entre no IRC do Garoa! Podemos organizar partidas multiplayer na rede com as pessoas conectadas no canal #garoa no serviço irc.freenode.net durante os eventos.

Alguns jogos interessantes para passar o tempo:

  • Dwarf Fortress
  • Warcraft III
  • Counter-strike 1.6/Source/G.O.
  • Age of Empires I/II/III
  • Civilization III/IV/V
  • Battle of Wesnoth (particularmente interessante, visto que é Open Source e roda nativamente no GNU/Linux!)

Podemos também discutir estratégias, organizar campeonatos, desenvolver MODs, custom maps, AIs, etc.

Se quiser participar online, avise antes na lista pois não temos o costume de ficar online durante o evento

Encontros passados

Dungeons & Velociraptors 17-03-2014

Neste dia decidimos jogar o Colonizadores de Catan, um jogo relativamente popular de estratégia, que adquirimos recentemente. O Catan que temos no Garoa permite até 4 jogadores (existe uma extensão que permite até 6 jogadores) e é um jogo relativamente longo: cada partida dura em torno de 2 a 3 horas.


Cada jogador contrói estradas, aldeias e cidades em sua rodada, de acordo com a quantidade de recursos que acumulou até o momento (por exemplo, para construir uma estrada são necessários um recurso de madeira e um de tijolo). Cada hexágono do tabuleiro representa um terreno que produz um recurso natural específico. As estradas são construídas nas arestas dos hexágonos a partir das aldeias e cidades, que podem ser construídas nos cantos (desde que não tenha nenhuma aldeia ou cidade de um competidor próxima). A rodada começa jogando os dados, que vão indicar um terreno no qual seus recursos serão entregues aos jogadores que tenham construído uma aldeia ou vila em algum dos seus cantos.

O comércio de recursos entre todos os jogadores é permitido, desde que envolva o jogador que rolou os dados, e ainda há os portos aonde o jogador pode trocar recursos com a banca se tiver construído uma aldeia ou cidade. Há ainda o ladrão: sempre que um jogador tirar 7 nos dados, pode mover uma peça que representa o ladrão para um hexágono de terreno, e então este jogador pode roubar uma carta de recursos de um dos jogadores presentes nesse hexágono. O hexágono onde o ladrão está colocado torna-se improdutivo enquanto o ladrão estiver lá. Ao final, ganha o jogo quem somar 10 pontos, correspondentes a construções que possui (cada aldeia vale 1 ponto e cada cidade vale 2 pontos), além de pontos ganhos com cartas especiais (que valem 1 ponto cada) ou por conseguir a maior rota ou o maior exército (2 pontos cada).

Uma boa dica para quem quer aprender o Catan é assistir o episódio sobre ele no TableTop.

--Anchisesbr (discussão) 13h20min de 1 de abril de 2014 (BRT)


Dungeons & Velociraptors 3-Fevereiro-2014

Segunda, 3 de fevereiro de 2014, 19:30[editar]

Neste encontro do (meu, do seu, do) nosso evento de jogos favorito, nosso colega Itiro nos apresentou um RPG Indie chamado Mountain Witch.

A história consiste em um grupo de ronins que são contratados para atacar um castelo com um Feiticeiro. Os ronins não se conhecem antes da aventura e existem vários focos de desconfiança entre eles.

Todos os personagens tem uma história do porque eles se tornaram ronins, do porque eles precisam do gordo dinheiro da missão, e um "Dark Fate". Este Dark Fate é secreto (nem o mestre sabe) e fica a cargo dos participantes irem inserindo pedaços dele durante o decorrer da narrativa... Ele pode ser algo simples como querer se vingar de outro personagem até uma história de amor com um NPC.

O jogo começou sem maiores problemas e, para felicidade do Leonardo e do Samuel, vencemos os primeiros combates sem maiores problemas.

Ficou estabelecido que continuaremos a aventura na próxima jogatina (dia 10) e temos, pelo menos, mais 1 vaga que era do personagem do Samuel. Caso haja mais pessoas no próximo encontro, as atividades acontecerão em paralelo!

[Fotos em breve]

Dungeons & Velociraptors 27-janeiro-2014

Segunda, 27 de janeiro de 2014, 19:30[editar]

Dia 26 de janeiro é o provável aniversário do Dungeons & Dragons, o primeiro RPG publicado e em 2014 comemoramos o 40º aniversário deste sistema e aproveitamos a data para uma pequena demosntração da 4ª edição deste sistema.

Abrimos os trabalhos comigo (Itiro) explicando um pouco das regras e sobre as personagens prontas. A aventura escolhida foi "Keep on the Shadowfell", uma mini campanha introdutória que foi lançada com a 4 edição. A sessão deveria começar com um aquecimento, um tutorial sobre o sistema de combate com um leve embate contra um grupo de kobolds. Mas qualquer pessoa que já tenha mestrado sabe que nenhum plano resiste ao encontro com seus jogadores.

O que se viu foi um encontro épico entre nossos intrépidos aventureiros e os kobolds.

O grupo foi formado por 2 jogadores, controlando 3 personagens:

  • Lightfoot, mago eladrin (que nós chamamos de elfo o tempo todo)
  • Thunder, paladino dragonborn
  • Frodo, ladino halfling (personagem "coletivo" para completar o grupo)

O primeiro encontro da noite foi contra 8 kobolds: 5 minions, 2 dragonshields e 1 slinger. No segundo turno o mago, cumprindo sua função, conseguiu matar todos os minions e tudo parecia caminhar de acordo com os planos. O que se seguiu foi uma mistura de inexperiência e algum azar dos jogadores e alguma sorte do mestre.

Muitos turnos de combate depois, Frodo foi reanimado várias vezes pelo Paladino que usou várias vezes sua habilidade "Lay on hands" no ladino até que os kobolds finalmente conseguiram deixar Thunder inconsciente. No fim do combate um "magic missile" de Lightfoot (o único que estava mais ou menos inteiro) deu fim ao último kobold a tempo de salvarem Thunder da morte, Frodo terminou a noite com 2 pontos de vida (porque os kobolds conseguiram errar 2 ataques contra ele).

Terminamos a noite aqui, acho que deu para mostrar como o sistema de combate funciona, infelizmente virou uma noite de rollplay e não roleplay porque a maioria das coisas girou em torno de um mapa e do combate que tem muito mais cara de jogo tático do que de roleplay mesmo.

Dungeons & Velociraptos 20-janeiro-2014

Segunda, 20 de janeiro de 2014, 19:30[editar]

Neste encontro do Dungeons & Velociraptors começamos jogando TopSecret(br) ensinados pelo mestre Luciano Ramalho enquanto esperávamos o resto do pessoal chegar.


Após isso, jogamos uma partida de Nyet contido na coletânea Mü and lots more

E finalizamos a noite jogando Ataque Pirata criado por um dos participantes, Maurício Gibrin!


Créditos dos links: Itiro

Dungeons & Velociraptors 13-janeiro-2014

Segunda, 13 de janeiro de 2014, 19:30[editar]

Nesse encontro do Dungeons & Velociraptors tivemos a participação do Itiro Kariya, jogador de RPG há vários anos, que nos apresentou dois sistemas de produção indie que ele costuma mestrar:

Um ponto de destaque nesses RPGs é que eles são simples e não exigem muito tempo na criação de fichas, tornando-os perfeitos para aventuras de apresentação e de um dia, possibilitando que as pessoas tentem jogar sem compromisso.

Durante a apresentação dos sistemas, o Itiro junto com o Shibuya explicaram o que significa o acrônimo GNS. Fica como sugestão para os que pensam em começar a jogar RPG: leiam sobre a teoria e escolham seu estandarte, isso pode ajudá-los e muito a encontrar o grupo certo para otimizar a diversão!

Depois das apresentações, com o Mauricio Gibrin já presente, começamos a parte de jogos de tabuleiro da noite. Ele trouxe os dois jogos escolhidos pelo pessoal, o Pit e o 7 Wonders.

Começamos com uma partida de Pit. Bem rápido, e teria sido mais rápido se o Samuel não tivesse entendido as regras ao contrário e ido contra a maré até comer bola e achar que tinha ganhado.

Depois partimos para duas rodadas do jogo 7 Wonders, com 7 pessoas (sim, tivemos a ilustre presença de todas as maravilhas!).

Dungeons & Velociraptors 06-janeiro-2014

Segunda, 6 de janeiro de 2014, 19:30[editar]

No primeiro encontro do D&V, houve a participação de mais de 10 pessoas. O evento começou com uma breve conversa sobre sistemas de RPG com o Willian Shibuya. Depois, chegaram a conclusão de que a montagem de fichas para jogar D&D com o kit trazido pelo Samuel iria tomar muito tempo, e então o foco foi voltado para jogos de cartas e de tabuleiro.

Como primeiro jogo, os presentes decidiram escolher algo que acolhesse todos os presentes que estavam dispostos a jogar (8 pessoas naquele instante). Por fim foi escolhido o jogo 6 Nimmt!, trazido pelo Mauricio Gibrin (junto com uma coleção de outros jogos). Ele explicou as regras e uma rodada foi jogada.

Depois da rodada de 6 Nimmt!, decidiram dividir o grupo em 2 subgrupos e escolher 2 jogos de tabuleiro. Os jogos escolhidos foram:

Nesse momento chegaram mais pessoas para o evento, que foram incorporadas no subgrupo do Trans Europa.

Foram jogadas duas partidas de Pandemic e uma partida de Trans Europa. Após a primeira partida de Trans Europa o jogo foi trocado, para o Hattrick. O Gustavo de Lucca fez o favor de ensinar os presentes a jogar, da mesma forma que fez com o Trans Europa.

Ficou combinado que no próximo encontro tentaríamos montar um grupo de RPG, em paralelo com as jogatinas de tabuleiro.

Também foi levantada a possibilidade de montar um grupo para fazer um custom map de Counter-Strike, com base nos arredores do Garoa.